Olá! Tuesday, 28 de March de 2017.



Dicas CódigoFonte.net
Thursday, 09 de July de 2009

Utilizando o Postgres - dicas de comandos SQL e essenciais para a manipulação de dados

Olá Pessoal,

Vou demostrar a seguir uma lista dos principais comandos SQL e outros comandos básicos e essenciais para a manipulação de dados no PostgreSQL.

Vamos lá!

SELECT

A declaração SELECT é utilizada para selecionar os dados de um banco de dados.

  1. SELECT nome FROM clientes

WHERE

A cláusula WHERE é usada para extrair apenas os registros que cumprir um determinado critério.

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE Clie_nome = 'Adelar Poggere'

AND & OR

E o operador apresenta um recorde se tanto a condição primeira e à segunda condição é verdadeira.

  1. SELECT * FROM clientes WHERE clie_nome ='Adelar Poggere'
  2.   AND clie_nome = 'Ademar Bonetti'
  • OR
  1. SELECT * FROM clientes WHERE clie_nome ='Adelar Poggere'
  2.   OR clie_nome = 'Ademar Bonetti'
  • Combinação AND & OR
  1. SELECT * FROM clientes WHERE clie_nome ='Adelar Poggere'
  2.   AND (clie_nome ='Ademar Bonetti' OR clie_nome='Adelvo Basquera')


ORDER BY

É utilizado para classificar o resultado-estabelecidos por uma determinada coluna.

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   ORDER BY clie_nome ASC -- DESC


INSERT

INSERT INTO A afirmação é usada para inserir uma nova linha em uma tabela.

  1. INSERT INTO clientes
  2.   VALUES (4,'Denilson', 'Andrade', 'Rio Grande do Sul', 'Francisco Beltrão')


UPDATE

A declaração UPDATE é utilizado para atualizar os registros existentes em uma tabela.

  1. UPDATE clientes
  2.   SET endereco='Francisco', cidade='Francisco Beltrão'
  3.    WHERE nome='Denilson' AND Sobrenome='Andrade'

DELETE

O DELETE é usado para excluir linhas em uma tabela.

  1. DELETE FROM clientes
  2.   WHERE Nome = 'Denilson' AND Sobrenome = 'Andrade'


DISTINCT

Em uma tabela, algumas das colunas podem conter valores duplicados.

Este não é um problema, no entanto, às vezes você irá querer listar apenas
os diferentes (distintos) valores em uma tabela.

  1. SELECT DISTINCT nome FROM clientes

Como Criar uma View

  1. CREATE VIEW cli AS
  2.  SELECT *
  3.   FROM clientes
  4.    WHERE clie_codigo = '20498';

LIKE

Localiza todos os cliente cujo nome termina com "s" da tabela  "Clientes".

  1. SELECT * FROM clientes
  2.  WHERE clie_nome LIKE '%s';

Localiza todos os cliente cujo nome Inicia com "S" da tabela  "Clientes".

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE clie_nome LIKE 'S%';

Localiza todos os cliente cujo nome contenha "Den" da tabela  "Clientes".

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE clie_nome LIKE '%Den%';

Localiza todos os cliente cujo nome não contenha "Den" da tabela  "Clientes".

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE clie_nome NOT LIKE '%Den%'

Localiza todas os Clientes com a segunda letra "e" idenpendente da primeira Chamado coringa

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE UPPER(clie_nome) LIKE '_E%'

IN

Localiza apenas os clientes cujo codigo seja igual a '20037','20500','20501','20917'

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE clie_codigo IN ('20037','20500','20501','20917')

Localiza Todos os clientes cujo codigo seja diferente de 20037','20500','20501','20917'

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE clie_codigo NOT IN ('20037','20500','20501','20917')


BETWEEN

O operador seleciona uma série de dados entre dois valores.
Os valores podem ser números, texto ou datas.
Localiza Todos os clientes cujo codigo seja de "1" a "100"

  1. SELECT * FROM clientes
  2.   WHERE clie_codigo
  3.    BETWEEN '01' AND '100'

Alias

Você pode dar uma tabela ou uma coluna outro nome usando um alias.
Isto pode ser uma boa coisa a se fazer se o nome da tabela ou coluna.
forem muto complexo

  • Alias de Colunas
  1. SELECT clie_codigo AS cod,* FROM clientes
  • Alias de Tabelas
  1. SELECT c.clie_codigo, c.Clie_nome FROM clientes AS c
  2.   WHERE c.clie_codigo='1'

JOIN

A palavra-chave JOIN é usada em uma instrução SQL para consultar os dados de duas ou mais tabelas, com base em uma relação entre determinadas colunas nestas tabelas.

Tabelas em um banco de dados são, muitas vezes, relacionadas umas às outras com as teclas.

Uma chave primária é uma coluna (ou uma combinação de colunas), com um valor único para cada linha. Cada chave primária valor deve ser exclusivo dentro da tabela.

O objetivo é vincular os dados em conjunto, em tabelas, sem repetição de todos os dados em cada tabela.

  • INNER JOIN: Regresso filas quando há, pelo menos, um jogo em ambas as tabelas
  1. SELECT * FROM clientes
  2.   INNER JOIN movfiscal
  3.    ON clie_codigo = mfis_codentidade
  4.     WHERE clie_codigo = '20301'
  • LEFT JOIN: Retornar todas as linhas da tabela à esquerda, mesmo quando não há jogos no quadro do direito
  1. SELECT * FROM clientes
  2.   LEFT JOIN movfiscal
  3.    ON clie_codigo = mfis_codentidade
  4.     WHERE clie_codigo = '20301'
  • RIGHT JOIN: Retornar todas as linhas da tabela à direita, mesmo se não houver jogos no quadro da esquerda
  1. SELECT * FROM clientes
  2.   RIGHT JOIN movfiscal
  3.    ON clie_codigo = mfis_codentidade
  4.     WHERE clie_codigo = '20301'
  • FULL JOIN: Regresso filas quando há um jogo em um dos quadros
  1. SELECT * FROM clientes
  2.   FULL JOIN movfiscal
  3.    ON clie_codigo = mfis_codentidade
  4.     WHERE clie_codigo = '20301'

UNION


O operador UNION é usado para combinar o resultado-conjunto de dois ou mais SELECT.
Observe que cada SELECT declaração no âmbito da União devem ter o mesmo número de colunas.
As colunas devem ter também os tipos de dados semelhantes. Além disso, as colunas em cada SELECT declaração deve ser na mesma ordem.

  1. SELECT clie_codigo, clie_nome FROM clientes
  2.   UNION
  3.    SELECT mfis_codentidade, mfis_historico FROM movfiscal
  • UNION ALL
  1. SELECT clie_codigo, clie_nome FROM clientes
  2.   UNION ALL
  3.    SELECT mfis_codentidade, mfis_historico FROM movfiscal


SELECT INTO

A declaração SELECT INTO seleciona dados de uma tabela e insere-lo em uma tabela diferente.
A declaração SELECT INTO é mais frequentemente usado para criar cópias de segurança das tabelas.

  1. SELECT * INTO new_Clientes
  2.   FROM Clientes
  • SELECT INTO - Juntando Tabelas
  1. SELECT clie_codigo,mfis_historico
  2.   INTO new_junta
  3.    FROM Clientes
  4.   INNER JOIN movfiscal
  5.    ON clie_codigo = mfis_codentidade
  6.     WHERE clie_codigo = '20301'


CREATE DATABASE

A declaração CREATE DATABASE é utilizado para criar um banco de dado

  1. CREATE DATABASE teste


CREATE TABLE

O CREATE TABLE é usado para criar uma tabela em um banco de dados.

  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. cod int,
  4. Nome varchar(255),
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255)
  8. )

SQL Constraints

Restrições são utilizados para limitar o tipo de dados que pode ir em uma tabela.
Constrangimentos pode ser especificado quando uma tabela é criada (com CREATE TABLE), ou após a tabela é criada (com o ALTER TABLE).

Iremos focar as seguintes restrições:

  • NOT NULL
  • UNIQUE
  • PRIMARY KEY
  • FOREIGN KEY
  • CHECK
  • DEFAULT
  • NOT NULL
  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. cod int NOT NULL,
  4. Nome varchar(255) NOT NULL,
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255)
  8. )
  • UNIQUE

O único condicionalismo identifica exclusivamente cada registro em um banco de dados tabela.

  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. cod int NOT NULL UNIQUE,
  4. Nome varchar(255) NOT NULL,
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255)
  8. )
  • PRIMARY KEY

A PRIMARY KEY constraint identifica exclusivamente cada registro em um banco de dados tabela.

  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. cod integer PRIMARY KEY,
  4. Nome varchar(255) NOT NULL,
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255)
  8. )
  • FOREIGN KEY

Uma chave estrangeira em uma tabela aponta para uma PRIMARY KEY em uma outra tabela.

  1. CREATE TABLE Fiscal
  2. (
  3. id integer PRIMARY KEY,
  4. cod integer REFERENCES Clientes (cod),
  5. transacao integer
  6. )

ou

  1. CREATE TABLE Fiscal
  2. (
  3. Id int NOT NULL,
  4. transacao int NOT NULL,
  5. PRIMARY KEY (Id),
  6. FOREIGN KEY (cod) REFERENCES Clientes(cod)
  7. )
  • CHECK

É usada para limitar o valor intervalo que pode ser colocado em uma coluna.

  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. cod int NOT NULL CHECK (Cod > 0),
  4. Nome varchar(255) NOT NULL,
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255)
  8. )
  • DEFAULT

É utilizado para inserir um valor padrão para uma coluna

  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. cod int NOT NULL ,
  4. Nome varchar(255) NOT NULL,
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255)DEFAULT 'Dois Vizinhos'
  8. )

CREATE INDEX

Um índice pode ser criado em uma tabela para encontrar os dados de forma mais rápida e eficiente.
Os usuários não podem ver os índices, eles são usados apenas para acelerar pesquisas / consultas.

  1. CREATE INDEX index_name
  2.   ON Clientes (Nome)

ou

  1. CREATE INDEX index_name
  2.   ON new_junta (clie_codigo)

DROP INDEX

É utilizado para excluir um índice em uma tabela.

  1. DROP INDEX index_name;

ALTER TABLE

É usado para adicionar, apagar ou alterar colunas em uma tabela existente.

  • ADD
  1. ALTER TABLE Clientes
  2.   ADD Nome01 varchar(150);
  • DROP
  1. ALTER TABLE Clientes
  2.   DROP COLUMN Nome01;
  • ALTER
  1. ALTER TABLE Clientes ALTER COLUMN Nome01 TYPE VARCHAR(30);
  • RENAME - Mudar o Nome da coluna
  1. ALTER TABLE Clientes RENAME COLUMN Nome01 TO Nome02;
  • RENAME para Mudar o Nome da Tabela
  1. ALTER TABLE Clientes RENAME TO Clientes01;


AUTO INCREMENT

Muitas vezes, gostaríamos que o valor da chave primária campo a ser criado automaticamente cada vez que um novo registro seja inserido.

  1. CREATE TABLE Clientes
  2. (
  3. Cod int NOT NULL AUTO_INCREMENT,
  4. Nome varchar(255) NOT NULL,
  5. SobreNome varchar(255),
  6. endereco varchar(255),
  7. Cidade varchar(255),
  8. PRIMARY KEY (Cod)
  9. )

Função NOW pega data e hora

  1. SELECT NOW()

NULL "IS"

  1. SELECT * FROM Clientes WHERE clie_codigo IS NULL
  2.  
  3. SELECT * FROM Clientes WHERE clie_codigo IS NOT NULL

Funções SQL agregadas

  • AVG()   -  Retorna o valor médio
  • COUNT() -  Retorna o número de linhas
  • MAX()   -  Retorna o maior valor
  • MIN()   -  Retorna o menor valor
  • SUM()   -  Devolve a soma
  1. SELECT AVG(clie_codigo) FROM Clientes
  2.  
  3. SELECT COUNT(clie_codigo) FROM Clientes
  4.  
  5. SELECT MAX(clie_codigo) FROM Clientes
  6.  
  7. SELECT MIN(clie_codigo) FROM Clientes
  8.  
  9. SELECT SUM(clie_codigo) FROM Clientes


GROUP BY

A declaração GROUP BY é utilizada em conjugação com as funções agregadas ao grupo o resultado-definido por um ou mais coluna

  1. SELECT SUM(clie_codigo) FROM Clientes
  2.   GROUP BY clie_codigo


HAVING

A cláusula HAVING foi adicionado ao SQL porque a palavra-chave WHERE não pode ser utilizado com funções agregadas.

  1. SELECT SUM(clie_codigo) FROM Clientes
  2.   GROUP BY clie_codigo
  3.    HAVING SUM(clie_codigo)<2000


UPPER

UPPER () função converte o valor de um campo com letras maiúsculas.

  1. SELECT UPPER(clie_nome) FROM Clientes

LOWER

LOWER () função converte o valor de um campo com letras Minúsculas.

  1. SELECT LOWER(clie_nome) FROM Clientes

ROUND

Afunção Round () é utilizada para arredondar um campo numérico para o número de casas decimais especificado.

  1. SELECT ROUND(clie_codigo,12) FROM Cliente

Comentários do artigo [Novo comentário]

Emmanuel - 06 de August de 2009 - 08:30
Excelente dica ;-)
FRANKLIN - 25 de August de 2013 - 10:09
excelente!
Para adicionar um comentário você deve efetuar o login


Gostou do CódigoFonte.net? Quer indicar a um amigo?
Preencha os campos a seguir.
Seu Nome:
Seu E-mail:
E-mail de seu Amigo:


CodigoFonte.net » CodigoFonte.eti.br » Meu Mural » Competiva - Criação de Sites » Todos os Direitos Reservados © 2002/2010