Olá! Friday, 28 de February de 2020.



Notícias CódigoFonte.net
Tuesday, 12 de June de 2012

Anatel arrecada R$ 2,565 bilhões com leilão 4G

O governo brasileiro realizou hoje (12/06), o leilão que trará a tecnologia de internet móvel 4G para o país. O leilão reuniu as principais operadoras de telefonia móvel do Brasil que mostravam interesse em obter a tecnologia. Entre elas estavam: TIM, Oi, Sky, Sunrise, Claro e Vivo.

Foram colocados à venda pela Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL, lotes da frequência 2,5 GHz, que são destinados aos dados de altíssima velocidade da internet. Além disso, foram também oferecidas faixas de 450 MHz para fortalecer o serviço móvel nas áreas rurais, mas não conseguiu atrair propostas.

O primeiro lote das frequências 2,5 GHz foi vencido pela Claro, que ofereceu R$ 844,519 milhões, ágio de 34% em relação ao preço mínimo estabelecido pelo edital, que era de R$ 630,19 milhões. A área comprada pela Claro corresponde aos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Bahia e a grande São Paulo. Vivo e Oi também apresentaram propostas, mas inferiores à da Claro. O lote seguinte não foi disputado pela Claro, pois a operadora já havia obtido o primeiro lote do leilão. A disputa direta ficou entre a Vivo e a TIM, que acabou sendo vencida pela Vivo, com a oferta de R$ 1,05 bilhões, ágio de 66,6% ao valor mínimo estabelecido de R$ 630,191. À Vivo caberá os estados de Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e parte do interior do estado de São Paulo. O terceiro lote que dava direito aos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná e Santa Catarina ficou com a TIM ao valor de R$ 340 milhões. O quarto e último lote ficou com a Oi, já que as outras operadoras não poderiam disputá-lo. O valor da proposta foi de R$ 330,851 e as áreas de cobertura foram o Distrito Federal e os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.

No total, o valor arrecadado pela Anatel nos quatro primeiros lotes nacionais chegou aos R$ 2,565 bilhões.

O principal objetivo do leilão, segundo a Anatel, é oferecer a infraestrutura necessária aos eventos internacionais que o país vai sediar, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Por isso, as empresas que ganharam o leilão vão ter que implementar a 4G nas cidades-sede da Copa das Confederações até o dia 30 de abril de 2013 e nas sedes e subsedes da Copa do Mundo, até o dia 31 de dezembro de 2013.

Enviado por: Ícaro de Brito

Comentários da notícia [Novo comentário]

Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar.
Enviar novo comentário:


Gostou do CódigoFonte.net? Quer indicar a um amigo?
Preencha os campos a seguir.
Seu Nome:
Seu E-mail:
E-mail de seu Amigo:


CodigoFonte.net » Meu Mural » Competiva - Criação de Sites » Todos os Direitos Reservados © 2002/2010