Olá! Monday, 17 de June de 2019.



Notícias CódigoFonte.net
Wednesday, 09 de September de 2015

App do Uber já foi baixado por 500 mil brasileiros

Clique para ver a imagem em seu tamanho real

O aplicativo para smartphones da Uber já foi baixado por 500 mil brasileiros, de acordo com dados divulgados pela própria empresa, nesta terça-feira (8).

O serviço conecta motoristas e clientes, que não precisam pagar em dinheiro ou cartão de débito ao final da viagem. O pagamento acontece de forma automática no cartão de crédito do usuário.

A Uber opera em São Paulo, Rio, Brasília e Belo Horizonte. Nessas cidades, a empresa oferece dois modelos distintos de serviço: o UberX e o UberBlack. O primeiro conta com carros populares que estejam com as revisões e a documentação em dia, enquanto o segundo tem apenas veículos sedã, em sua maioria, pretos, que tenham até 3 anos de uso, bancos de couro e ar condicionado, além de ter todos os documentos e revisões regularizados.

Os motoristas da empresa passam por análise de antecedentes criminais e por um treinamento oferecido pela Uber. No entendimento da companhia, não é necessário que os condutores tenham licenças especiais ou alvarás para o transporte de pessoas, desde que contem com um seguro que também cubra o passageiro.

A presidente Dilma Rousseff já declarou que o serviço prestado pela Uber precisa de regulamentação e que ele tira empregos atualmente. "Depende também da regulamentação de cada cidade e de cada Estado, porque não é a União que decide isso. Ele tira os taxistas do seu emprego”. Este é o ponto de polêmica entre a Uber, os taxistas, os sindicatos e o governo.

Por outro lado, a Uber diz que seu serviço cria empregos. "Para os motoristas parceiros, a Uber é uma plataforma inclusiva que cria novas oportunidades de geração de renda. Apenas em 2015, a Uber espera criar 1 milhão de novas oportunidades em todo o mundo”.

Muitos dos motoristas trabalham com a Uber como uma forma de complementar a renda, uma vez que eles têm empregos formais durante o dia. A Uber não cobra bandeira 2, como fazem os táxis, nem taxas de mudança de municípios, dois motivos pelos quais, segundo os condutores procurados, os cidadãos utilizam o serviço.

A própria companhia reconhece que a regulamentação do seu serviço no Brasil é necessária. "A Uber acredita que cada um desses cidadãos merece ter o seu direito de escolha preservado e que a tecnologia pode gerar infinitas soluções para melhorar a mobilidade urbana. Por isso, é fundamental um marco regulatório que olhe para futuro e converse com a sociedade”.

Enviado por: Ícaro de Brito

Comentários da notícia [Novo comentário]

Nenhum comentário, seja o primeiro a comentar.
Enviar novo comentário:


Gostou do CódigoFonte.net? Quer indicar a um amigo?
Preencha os campos a seguir.
Seu Nome:
Seu E-mail:
E-mail de seu Amigo:


CodigoFonte.net » Meu Mural » Competiva - Criação de Sites » Todos os Direitos Reservados © 2002/2010